Os vilões da durabilidade

tyre-wear-patterns

Como evitar 3 problemas que comprometem a qualidade dos pneus

Perigos frequentes nas ruas e nas estradas – como buracos, pedaços de vidro e pedras – são surpresas inevitáveis. Entretanto, existem três problemas que danificam os pneus, mas que você pode evitar: erro de calibragem, alta velocidade ou sobrecarga.

Conheça os principais inimigos dos seus pneus e saiba como evitá-los

1. Erro de calibragem
A baixa pressão gera flexibilidade excessiva do revestimento do pneu, que resulta em aquecimento acima da média, além do aumento da resistência de rodagem e desgaste prematuro. Em casos extremos, o pneu pode ficar seriamente danificado.

Igualmente prejudicial, a pressão acima da média tende a reduzir a durabilidade do pneu, além de prejudicar a aderência ao solo (principalmente nas frenagens) e criar desgastes irregulares nos pneus.

2. Dirigir em alta velocidade
Quando o motorista pisa fundo no acelerador, corre mais riscos de causar danos aos pneus do que em baixa velocidade – principalmente ao entrar em contato com buracos ou objetos na pista.

Ao manter alta velocidade por um longo período, há um aumento de temperatura considerável nos pneus que podem deteriorar o produto. Em situações extremas, o pneu pode inclusive sofrer danos sérios, inviabilizando sua utilização.

3. Excesso de carga
Bagagem extra também é motivo para prejudicar os pneus. Para garantir que eles não estão sobrecarregados, confira a tabela de cargas dos pneus – que normalmente está na borracha lateral da peça.

É importante não ultrapassar este limite de carga, pois os pneus sobrecarregados podem esquentar demais, o que leva a uma destruição repentina da borracha.

Lembre-se também de não exceder a carga máxima por eixo em nenhum eixo de seu veículo.

Os vilões da durabilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *